Avançar para o conteúdo

Opinião sobre a espirulina, o que dizem os especialistas?

Diante das múltiplas virtudes da espirulina e seus prováveis ​​efeitos colaterais para a saúde, as opiniões dos consumidores divergem.

Alguns elogiam os benefícios disso algas azuis e encorajar seu uso enquanto outros, pessoas que tiveram experiências ruins, aconselham contra ele.

Então, que opinião deve ser expressa? Por que não descobrir o que é e decidir por si mesmo sobre os benefícios da espirulina?

Avaliações positivas de consumidores

Você encontrará em alguns sites opiniões positivas de consumidores, satisfeitos com sua experiência com a espirulina.

Na maioria das vezes, são depoimentos de diferentes pessoas que podem estar doentes ou de atletas de alto nível.

Pacientes que sofrem de anemia, fadiga crônica ou diabetes estão em grande número para testemunhar a eficácia deste suplemento dietético em sua saúde e proclamar em alto e bom som que ele os ajudou a voltar à forma e a se sentir bem.

Da mesma forma que desportistas de alto nível como os atletas (praticantes de natação ou boxe) vêem a sua performance melhorar e não hesitam em deixar o seu testemunho sobre o papel eficaz desta alga na sua saúde.

Avaliações negativas de consumidores

À primeira vista, os consumidores que dão opiniões negativas sobre a espirulina admitem estar bem de saúde antes de tomarem este suplemento dietético.

E muitas vezes, eles culpam por efeitos indesejáveis, como dores de cabeça, tonturas, náuseas, distúrbios intestinais ou até fadiga.

O que podemos inferir disso é que essas pessoas aparentemente saudáveis ​​não precisavam de nutrientes adicionais.

Ao adicionar este suplemento alimentar à dieta, sobrecarregam o organismo, daí o aparecimento de efeitos associados ao consumo excessivo deste superalimento desde os primeiros dias de tratamento.

Opinião de nutricionistas

Para os nutricionistas, a espirulina é acima de tudo um suplemento alimentar completo, mas isso não significa que possa substituir uma alimentação saudável e equilibrada, bem como um estilo de vida saudável.

Dada a sua riqueza em vitaminas e nutrientes frequentemente fornecidos por alimentos de origem vegetal, esta alga verde-azulada é recomendada para pessoas que comem poucos vegetais.

Sua riqueza em nutrientes e seu alto teor de proteínas lhe renderam reputação entre as ONGs que lutam contra as deficiências nutricionais e combatem os efeitos da desnutrição.

O consumo da espirulina por uma pessoa saudável, mas que não pratica atividades físicas intensas, deve, portanto, ser tomado com cautela.

Devemos consultar um médico antes de consumir espirulina?

Por enquanto, a opinião médica sobre a espirulina se limita à observação de seus muitos benefícios e seus efeitos benéficos para a saúde.

E embora as virtudes curativas e preventivas desta alga sejam alvo de estudos, existe pouca literatura científica que apoie o papel da espirulina como medicamento.

As opiniões divergem sobre a espirulina, considerada mais um suplemento alimentar com muitas virtudes do que um medicamento.

A espirulina é vendida em lojas de produtos naturais e drogarias, embora esteja disponível em farmácias.

Portanto, esta alga pode ser comprada sem receita médica. Mas isso significa que o conselho médico não é mais essencial antes de tomá-lo?

Os componentes da espirulina: aliados ou inimigos?

A espirulina é um alimento completo e natural, que se destaca pela riqueza de sua composição.

Seu teor de ferro e proteínas, além da notável presença de nutrientes como vitaminas e antioxidantes, fazem dele um verdadeiro remédio natural no combate às deficiências nutricionais, fadiga crônica, anemia e muitos outros casos.

Os contributos desta alga são benéficos no caso de deficiência nutricional, seja na sequência de uma dieta hipocalórica, com restrições alimentares, ou no caso de actividades físicas que justifiquem a necessidade de fornecimento de nutrientes e vitaminas.

Para uma pessoa com boa saúde, que não sofra de nenhuma doença e que não pratique esportes intensamente.

Não adianta sobrecarregar o corpo com aportes de nutrientes além do recomendado, pois isso pode cansá-lo e adoecer o corpo.

O benefício do aconselhamento médico antes de consumir espirulina

Apesar de seus muitos méritos, este suplemento alimentar tem contra-indicações e também efeitos colaterais, não necessariamente prejudiciais, mas muitas vezes desagradáveis ​​para consumidores sensíveis ao seu efeito desintoxicante.

Além disso, é melhor conhecer o seu estado de saúde, especialmente a capacidade do seu corpo de reagir às proteínas ou de assimilar o ferro.

É óbvio que pessoas que sofrem de hemocromatose, fenilcetonúria ou outros casos de doenças metabólicas não devem consumir espirulina.

Por todas essas razões, é melhor seguir as recomendações do seu médico.

Agora que você conhece todas as opiniões sobre a espirulina, basta formar a sua própria opinião, ou melhor, por que não experimentá-la, tomando todos os cuidados para se beneficiar de suas virtudes.

Minha opinião pessoal

Pessoalmente, adotei porque tinha anemia, com deficiência de ferro, que ocorreu logo depois de tirar a carne da minha alimentação (precisei de um tempo para me adaptar, não me arrependo).

Consegui então fazer um tratamento de dois meses e notei uma melhora na minha condição física (retorno da minha frequência cardíaca ideal sem aumento do treinamento e menos sinais de fadiga).

Desde então tomei o hábito (já faz um ano) de consumir 4g de espirulina pela manhã com um copo de suco de limão, tomo a espirulina da NaturaForce, em comprimido, porque é facilmente “bebível”.

Para mim, principalmente como vegetariana, a espirulina é mais um alimento em si do que um suplemento alimentar, como qualquer alimento, não deve ser abusada, e deve ser acompanhada por uma alimentação saudável e variada.

Para mim funcionou, talvez tenha sido mesmo pelos benefícios da espirulina, talvez tenha sido apenas um efeito placebo, sinceramente não sei.

Não estou pedindo para você acreditar em mim, mas para fazer sua própria opinião, por que não tentar a cura de espirulina qualitativa.

Para ir mais longe:

Source https://www.sport-equipements.fr/nutrition-sportive/complement-alimentaire/spiruline/spiruline-avis/